kryon blog * Aprender com a Nova Energia

Querido Ser Humano,… tu és a Esperança do Planeta Terra!

Archive for Novembro, 2009

2009 KRYON NAS NAÇÕES UNIDAS

Posted by oliveiros.kr em 30, Novembro, 2009

Kryon nas Nações Unidas, Novembro 2009 – Nova York
A Sociedade para a Iluminação e  Transformação
13 de Novembro de 2009 – Canalização de Kryon
por intermédio de  Lee Carroll

ONU - Organização das Nações Unidas

Saudações, queridos, EU SOU KRYON do Serviço Magnético.

Há aqueles aqui que não compreendem isto (falando da canalização), assim nós ajustamos a energia. Nós temos alguns momentos juntos e eles nunca ocorrerão novamente, não com este grupo. Estes são momentos no tempo quântico, um tempo que vocês experiênciam em uma linha recta, mas que não é recta sob qualquer condição. Portanto, vocês devem lidar com uma percepção pré-concebida, mas a única que vocês têm e a única que vocês podem confiar. Eu adapto isto.

Queridos Seres Humanos, nestes momentos, nesta sala, não importa qual o seu sistema de crenças, não importa se vocês acham que “aqui está um homem que pretende canalizar”, vocês mantêm uma grande luz na consciência da humanidade. A consciência da mudança está próxima de vocês agora, enquanto estão nesta sala, neste lugar, em sua realidade. A sua luz é bem maior do que vocês pensam, pois até para lhes trazer a um lugar de curiosidade sobre esta reunião, é evidência de que algo dentro de vocês está buscando a evolução da consciência que está ocorrendo nesta mudança.

Eu sei onde estou. Nós colocamos um manto de energia aqui hoje. Nós o colocamos sobre vocês. Nós o deixaremos pressionado sobre vocês por um momento para permitir que uma suavidade ocorra aqui. Este é um espaço cerebral, um espaço intelectual. Nós não desejamos adicionar um “espaço espiritual” a esta energia.

Vocês estão começando a pensar para si mesmos: “Isto poderia ser real? É possível que o homem na cadeira esteja realmente em contato com o outro lado do véu?” Eu lhes darei 30 segundos para senti-lo, para discerni-lo, pois há aqueles aqui que podem. Há um grupo perspicaz aqui… aqueles que saberão que a energia é real ou não. Nós não precisamos de muito tempo, nós não precisamos de música, pois neste momento os anjos entram neste lugar e eles se sentam em seus colos, de qualquer modo que desejarem. O Espírito lhes deseja que estejam à vontade com o seu próprio discernimento e estas mensagens de verdade. Pois neste dia, neste lugar, eu lhes darei os potenciais do que vocês estão enfrentando. Nós observaremos o futuro imediato e o futuro distante, certamente, pois fizemos isto neste edifício muitas vezes antes.

É a sétima vez que apresentamos a energia de Kryon aqui. Sete é um número sagrado, assim vamos encher a sala de sacralidade. Há aqueles que o sentirão e estão começando a senti-lo, enquanto a sala se aquece um pouco. Apenas alguns de vocês estão aqui, mas talvez vocês tenham uma luz que gostariam de resplandecer? Talvez vocês queiram saber como é que vocês podem resplandecê-la? Eu responderei a isto ainda antes que eu discuta este planeta: Quando vocês deixarem esta sala, vocês têm a opção de levar com vocês a esperança – não o drama, não o sofrimento, não um plano que seja insolúvel, mas uma esperança absoluta, positiva. O conhecimento e a intuição que estão diante de vocês são grandes, são maiores do que em qualquer história que este planeta já teve.

Mais Seres Humanos do que já existiram juntos na Terra se reunirão em uma confluência de paz. Será em sua existência? As sementes disto já estão no lugar. Vocês as verão em breve, e alguns de vocês já as viram. A ironia é que este é o local onde algo disto começou. Não, não na grande câmara, mas naqueles locais onde vocês estão criando a saúde, onde não havia a saúde, e alegria onde não havia a alegria, e a normalidade onde tem havido o sofrimento. Aqueles neste edifício, que ouvem as minhas palavras, saberão exatamente do que eu estou falando. (Kryon está falando sobre o propósito principal da ONU, de ajudar com alimentos, com a qualidade da água, a educação, a saúde e às crianças do terceiro mundo. Isto é algo em que eles têm sido bem sucedidos, mas que é falado muito raramente.)

O Futuro Distante

Na última vez em que eu estive aqui, eu falei de algo há duas gerações passadas. Eu falei de um continente que seria curado, a União dos Estados Africanos. Eu falei de um sistema comum monetário para esta nova reunião de estados. Eu falei de um continente que teria mais influência econômica do que qualquer continente já teve neste planeta, porque ele será saudável, cheio de nova esperança econômica, cheio de novos empreendimentos, oportunidades e milhões de cidadãos que querem construir, que querem casas, que querem um bom governo, estabilidade, e que eventualmente, terão um gigantesco mercado. Mesmo além dos Chineses, que ainda devem avançar ao mudarem os velhos hábitos, a União dos Estados Africanos (UA), fala em começar do zero e criar algo desde o início.

Agora, este potencial para o planeta é algo distante, e aqueles nesta sala não viverão o tempo suficiente para saber se Kryon está certo ou não. Mas as gravações destas palavras estão aqui, para sempre. Assim, neste futuro virá a validade de Kryon… talvez um pouco tarde demais para aqueles nas cadeiras que estão duvidando hoje. Entretanto, isto começa agora. Há indícios agora para aqueles se unirem na África deste modo. A solução será a cura. Ela está também começando. Isto quer dizer, em um continente que tem muito poucas enfermidades, uma água fresca adequada, surgirá uma consciência de uma unidade governamental. E vocês poderiam dizer: “Esta nunca poderia ser a África!” Nós dizemos, apenas observem. Isto acontecerá, mas somente as sementes desta mudança estarão disponíveis em suas existências. Vocês não verão isto acontecer, pois há uma distância de duas gerações. Meio século se passará antes que isto ocorra. Eu dei também uma profecia, caso ele escolhesse, de quem seria o meu sócio. Eu lhes disse que ele retornaria, e em meio século ele se encontraria entre esta população como um líder negro. A propósito, isto também mudaria toda a percepção do que aqueles de cor trazem ao planeta. Pois nesta nova África chega o respeito, a força e muitos desejarão o que eles têm.

O Futuro Próximo

Agora, deixem-me lhes dizer sobre as coisas que estão mais próximas de vocês (potencialmente em suas existências). Permitam que estas palavras sejam cuidadosamente interpretadas, pois elas são os potenciais do agora. Elas não falam de um futuro que é absoluto ou empírico, que deve acontecer, pois não há tal coisa. Até os potenciais e o tempo do que eu dou, mudarão, dependendo da consciência Humana. Há algumas coisas que estão em andamento agora, que podem surpreendê-los, e eu lhes darei nesta breve mensagem. Pois elas resolverão o insolúvel, um dos maiores enigmas dos tempos modernos, e que muitos sentem que não pode ser resolvido. Estas são as opiniões daqueles que sentem que a consciência Humana nunca mudará.

Neste momento, enquanto falamos deste ano de 2009, neste mês de Novembro, eu falo dos potenciais do planeta. (Este é Kryon dando uma “impressão” desta canalização para os futuros leitores). Há vários ditadores da velha energia que ocupam a energia daqueles nas grandes salas (a Grande Assembléia), e eles partirão por si mesmos.

(Estes são os ditadores que têm um assento legal na Grande Assembléia, como líderes de países específicos e membros da ONU). Vocês já viram isto antes, e eles cairão sozinhos, simplesmente porque eles estarão totalmente sem contato com a realidade do que o seu povo quer. Sua velha energia os alcançará, e o seu próprio povo os afastará. Vocês viram isto antes em vários países nos últimos 20 anos.

Há o pensamento comum de que as coisas acontecem de um modo linear, e do modo que elas sempre aconteceram. Há um pensamento de que isto nunca muda. Há um pensamento de que vocês devem agrupar determinados tipos de atributos lógicos a fim de criarem negociações (tratados). Há um pensamento de que vocês devem exercer pressão ou nenhuma pressão como formas a levarem os governos a reagirem ou não. Estas são coisas que vocês sempre fizeram a fim de que façam com que determinados governos se comportem do modo com que vocês desejam que eles se comportem. Chamem-nas de impedimentos, de sofrimento, de pressão. Também pode lhes ocorrer que as coisas simplesmente não estão funcionando na nova energia. Não é mais como costumava ser e a diplomacia da velha energia não é nada além dos velhos modos de adiar estes problemas.

A energia de hoje trará coisas que ninguém esperava, devido a um modo inteiramente novo de abordar as relações entre os países. Compromisso e novas associações de força e unidade serão o “novo modo” do sucesso. O poder dos exércitos e das armas não cria a esperança, a alegria, a saúde, e nem constroem novas escolas e hospitais. Portanto, o seu lugar no esquema de “quem é o mais poderoso” irá desaparecer. Em vez disto, “quem é o mais poderoso” será conduzido pelos governos com a consciência mais elevada, mais capazes de dar ao seu povo vidas agradáveis e integridade financeira. Vocês já estão vendo isto em seus próprios sistemas financeiros, os quais vocês estão lentamente começando a “limpar”.

Vocês se surpreenderão como tudo isto funciona, pois está fora da norma. Não irá demorar muito e vocês verão desaparecer o problema da Coréia do Norte. Vocês verão que começam algumas formas de unificação, e isto tem o potencial de começar mais por si mesmo do que de algo que vocês façam aqui (a ONU). Seria sensato se vocês seguissem a linha de raciocínio deste canal e se mantivessem à distância de coisas que estão atualmente planejando. (Aqui é o conselho direto de Kryon sobre o que a ONU poderia estar planejando para a Coréia do Norte, pedindo-lhes que sejam pacientes).

A América do Sul os surpreenderá pela sua estabilidade. Isto está começando agora, pois a Kundalini do planeta está se movendo naquela direção para se centralizar na parte mais baixa do continente, no Chile. Na parte superior, na Colômbia, e na parte inferior, no Chile, estão os governos mais estáveis e firmes que vocês já viram na América do Sul. Eles estão construindo uma plataforma para os países intermediários se unirem a eles.

No passado, houve heróis antes do seu tempo, tentando unir os estados da América do Sul, tanto Espanhóis, quanto Portugueses. Isto não acontecerá necessariamente (com um Humano liderando uma cruzada pela unidade), mas o que acontecerá é uma confluência de consciência. Isto quer dizer, a estabilidade vai buscar o seu próprio centro, pois a esperança é a solução, e os velhos hábitos estão diminuindo. Há um ditador que está lá, que pode interromper tudo isto. Vocês podem contar os seus dias e eu disse isto aqui para todos verem e observarem. Pois as velhas energias não podem existir com as populações com a consciência da nova energia. Esta energia cairá por si mesma, a partir de dentro. Vocês verão isto e eu disse isto aqui.

As celebrações ocorrerão em breve na pequena ilha do Caribe, distante 90 milhas de sua terra dos Estados Unidos. Talvez pela primeira vez, os Estados Unidos tenham a tolerância de permitir o que eles viram no passado como um governo comunista muito próximo, de existir como é, mas com pleno comércio e movimento. Isto está fora do paradigma de qualquer coisa que qualquer um de vocês já tenha esperado, pois até agora tem sido preto no branco, até a China. (Kryon pisca). Agora talvez não seja o momento para Cuba? Eu lhes digo que isto está atualmente em atividade.

Isto me leva agora à profecia que eu estive dando por algum tempo. Pois isto permanece forte (os potenciais não mudaram). Uma das coisas mais incomuns que vocês nunca poderiam imaginar que pudesse acontecer envolve o Irã. Eu lhes digo novamente, como disse outras três vezes a outros três grupos. Agora eu o afirmarei nestes salões das Nações Unidas. O Irã pode manter a chave como a nação mais estável, mais rentável e mais influente no Oriente Médio. E se este potencial for cumprido, serão os jovens do Irã que criarão a “Grande Revolução Iraniana”.

Quando o Irã for dirigido por aqueles com jovens mentes Islâmicas, mas sem as “mentes islâmicas eruditas” da velha energia, vocês encontrarão a estabilidade. Pois os jovens daquela grande nação começarão a olhar em volta e verão as diferenças que eles podem fazer na paz através do comércio e do investimento. O caminho da geração mais velha está cheia de ódio, medo e o potencial da guerra. Isto perpetua mil anos de sofrimento, sustentando os velhos inimigos e mantendo viva a luta. Os jovens compreenderão que o seu profeta tinha a ver com a unidade, e eles começarão a estudar intensamente, o significado verdadeiro do Islã, e não estarão em desacordo em unir os inimigos do passado. Pois isto é o que seu profeta tinha a ver, e porque ele veio em primeiro lugar.

A última coisa que vocês iriam ver ou imaginariam que veriam tem um forte potencial de acontecer. Os potenciais são que o Irã investirá realmente na paz de Jerusalém e que as suas influências e o seu capital (fundos públicos) começarão a ter grande influência para uma solução em Israel – não apenas uma solução entre Israel e aqueles chamados de Palestinos, mas uma maior que crie soluções com os estados Islâmicos ao redor deles.

Jerusalém é uma cidade compartilhada. Ela tem influências dos Judeus, Cristãos, Cristãos Armênios e dos Islamitas, todos compartilhando em quatro quadrantes. Imaginem este mesmo cenário, mas com credenciais! Ou seja, mantendo a mesma disposição, mas tendo que se tornar um país independente, ou uma “área de paz”. Vocês dizem: “Os judeus nunca permitiriam isto!” Perguntem à geração mais jovem de oradores Hebreus se eles poderiam considerar isto, pois vocês ficarão surpreendidos pela resposta. Eles podem realmente negociá-lo com a habilidade de se estabelecerem em áreas que todos eles prefeririam viver! Eles, também, estão começando a compartilhar o que os seus jovens colegas Iranianos estão pensando… criarem o acordo e a paz, ao invés de continuarem um caminho de ódio e de intolerância. Os jovens atrás de vocês, a geração sábia (seus filhos), eventualmente tomarão as rédeas do governo, e as diferenças de pensamento serão óbvias. A verdadeira guerra é aquela entre a velha e a nova energia. Esta foi a mensagem de Kryon por mais de 20 anos. Esta guerra é muito vitoriosa, por ambos os lados, como vencedores.

A Paz no Oriente Médio, criada pelo Oriente Médio, que conceito! No passado, vocês sentiram que ela viria a partir daqui (da ONU), ou da influência ocidental, criando um acordo entre os dois lados que nunca se reuniriam! Os potenciais são que isto acontecerá bem no centro do Oriente Médio e não do Ocidente. Isto não virá daqueles que tentam o melhor para criar influências, de modo que os países do Oriente Médio ajam apropriadamente em uma estrutura do pensamento Ocidental. Este potencial que eu lhes dou não é algo que esteja nas listas futuristas do que pode acontecer. É o que chamamos de “carta imprevisível”. É o que aconteceu com a União Soviética… novamente, nada que estivesse na tela dos potenciais “futuristas”.

As guerras são realizadas e os sentimentos são esquecidos. A grande Guerra Civil dos Estados Unidos, não criou uma divisão permanente na consciência. A II Guerra Mundial não criou inimigos para sempre. Ao invés disto, hoje vocês encontrarão todos aqueles governos e cidadãos trabalhando juntos. A maior parte deles não se relaciona com os sentimentos do passado. O Oriente Médio é diferente, e o que aconteceu no passado é ensinado como o que está “acontecendo hoje”. Isto é o que mudará.

Vocês verão os países ao redor do Irã se unirem ao Irã, mesmo os antigos inimigos. As fronteiras serão relaxadas. Eventualmente, isto afetará ao Paquistão e ao Afeganistão, que não gostarão de ficar de fora da nova união do Oriente Médio. A Índia também ficará envolvida de um modo que envolva o Paquistão como nunca. Aqueles que apresentam o pensamento da velha energia não terão lugar para se esconder, pois a paz será o caminho disto. Uma idéia inteiramente nova surgirá que diz: “Se pudermos interromper as tradições do ódio agora e ensinarmos aos nossos filhos a esperança, eventualmente haverá um grupo de nações que somente se lembrarão de como costumavam ser as tensões, ao lerem os livros da sua história.” É uma geração quântica que está chegando, uma que pode pensar à frente, além de suas vidas… além do velho ódio e dos velhos hábitos ensinados pelos seus pais. Isto, realmente, é parte da nova fissura que se desenvolverá entre pais e filhos nos próximos 50 anos no Oriente Médio.

Isto é o que vemos na existência de muitos aqui. Isto pode acontecer mais lentamente, dependendo do que vocês fizerem. Poderá acontecer mais rapidamente, dependendo do que fizerem. Mas assim como o meu sócio canalizou, isto tem estado em movimento. Isto é porque nós lhes dissemos da possibilidade em 1989. As coisas acontecem lentamente na política, na consciência. Algumas vezes isto é muito lento para muitos de vocês. Observem estas coisas começarem a acontecer até antes que a reforma deste edifício esteja completa. (falando da reforma do edifício da ONU, que pode levar cinco anos). Vocês verão as sementes destas coisas ocorrendo, e sim, até batalhas para impedi-las… velho versus novo. Este é o potencial no momento. Se isto levar mais tempo, ainda é o potencial. Há uma bola que rola na consciência, do pensamento e ação, que é imensa. Ela está rolando agora. Ela é poderosa e interdimensional e vocês não podem vê-la. Mas eu posso. Será difícil interromper a paz na Terra.

Eu sou Kryon. Eu sei quem está aqui. Que vocês possam sentir o amor de Deus em seus corações, que estas coisas são verdadeiras e precisas, como vistas por este canalizador através de mim, pois eu estou apaixonado pela humanidade. Eu nunca lhes diria coisas que assim não fossem. Não há razão para lhes dar uma boa notícia que não acontecerá.

E assim é.

KRYON

___________________________________________________________

Fonte:
http://www.luzdegaia.org/kryon/lcarroll/onu_2009.htm

Original em Lingua Inglesa:
http://www.kryon.com/k_channel09_UN2009.html

Actualizado por Oliveiros Costa
http://oliveiros.acnrep.com

 

Anúncios

Posted in Canalizações de kryon, Kryon em Santiago do Chile, Nações Unidas | Com as etiquetas : , , , , , | Leave a Comment »

Ultrapassando preconceitos tridimensionais

Posted by oliveiros.kr em 30, Novembro, 2009

Toronto, ONTÁRIO – Canadá

Gaithersburg, MARYLAND, 7 Novembro 2009
Toronto, ONTÁRIO – Canadá
"Ultrapassando preconceitos tridimensionais"

Sabado, 21 Novembro 2009

Canalização ao vivo de 56 minutos
Lee Carroll – Carolyn Hadcock – Robert Coxon

Áudio Apresentado em Inglês

Picar no botão play para escutar o áudio e participar na reunião
DOWNLOAD mp3 AQUI com-o-botão-direito guardar-destino-como

Saudações, meus queridos, eu sou Kryon do serviço magnético.

Há aqueles que dizem que a transição foi muito rápida. Eles dizem que dura mais tempo para um ser humano cruzar a ponte, mas o meu parceiro simplesmente senta e começa. Eles dizem que é demasiado rápido, que deveria haver mais preparação, que deveria haver algo mais profundo quando se vai de 3-D à M(múltipla)-D. Por alguns anos eu tenho dado ao meu parceiro visões do estado quântico que ele deve ensinar, porque esta mudança na qual vós estais demanda que vós comeceis a pensar diferentemente, a perguntar questões diferentes acerca de vossos caminhos, vossas vidas, a ver de modo diferente os vossos caminhos sobre a terra, a observar diferentemente as instruções mesmas que vós recebeis do Espírito, a entender a razão de vossa existência.

Vós podeis dizer que se trata de um desconstrução completa e total daquelas barras que estão ao redor de certos processos de pensamento em vossos cérebros. Os psicólogos vos dirão que é a coisa mais difícil a fazer: mudar o vosso paradigma de pensamento. Em verdade eles dirão que é impossível que uma nação que odeia repentinamente pare de odiar. Nós vamos quebrar este paradigma também.

Vós vereis giros de consciência contra todas as probabilidades, mas isto dever começar com trabalhadores da luz a entender as suas visões pré-estabelecidas, coisas sobre as quais eles nunca tiveram que pensar desta maneira anteriormente.

O meu parceiro se senta na cadeira e imediatamente ele canaliza, porque a ponte não precisa mais ser atravessada. Ele tem um pé no meu lado do véu, que na verdade não é o meu lado do véu; é o seu lado do véu para a parte de Deus que vive nele. Ele desenha um linha que não é tão difícil de desenhar; ele caminha um caminho que não é tão difícil de caminhar, porque ele aprendeu o que é ser parcialmente quântico.

Não é que ele se sobressai do mundo real como abnormal; ele se sobressai do mundo real como algo especial com um Coeficiente de amor que é diferente dos outros, um que é rápido para perdoar. Ele não julga. Ele vê o mundo e aqueles ao seu redor como diferentemente do modo em que ele via quando começou. Sobre isto nós falamos.

E assim é que eu digo a ele agora que o que a isto segue, na sua brevidade ou no seu comprimento, é um modelo para o que eu desejo que ele comece a ensinar no próximo ano. Ele tem lentamente aprendido isto e agora já é tempo de começar a identificar e a ensinar isto.

Isto precisa ser feito em modos que são incrementadas em passos; pode parecer estranho que que se tornar quântico tenha que ser ensinado em passos, porque é um axímoro, isso quer dizer que se trata de algo que não tem passos.

Então nós dizemos a vós que é lógico – não é verdade? – que ao se mover a partir de 3-D para além 3 vós tendes que começar de 3. Vós precisais o quanto o Ser Humano é enviesada, coisas que eles nunca pensaram que fossem. Vós usais propositalmente o termo “enviesado.” Pode ser uma palavra negativa para vós – eu espero que seja, porque é esta é uma explicação sobre como vós pensais. É uma velha energia na qual vós estais, em processo de pensamento. Vós não ireis muito além nesta mudança, nesta nova energia, sem um ajustamento, um ajustamento voluntário para vos tornardes ainda mais quânticos.

Quântico é uma palavra que usaremos e que descreve o tipo de estado de realidade que os vossos físicos também têm descrevido; um no qual vós estais literalmente com tudo, onde não há tempo, onde tudo existe simultaneamente num círculo e dificilmente é Inteligido.

Se vós estais no meu lado do véu, o lado do qual vós viestes, é o estado no qual eu estou. Esta é a razão pela qual nós não temos problema algum em ser pacientes, meus queridos. Quem vós conheceis, amigos de vós, que não têm problema algum com paciência. Eles são parcialmente quânticos. Vós o podeis ser! E alguns de vós sois, isto quer dizer que há pedaços e partes que já estão prontos para a viagem, e outros ainda não estão.

Então para que eu explique isto eu começo com o viés. Tudo o que eu vou vos dar neste dia já foi dado em algum ponto antes: peças e pedaços através dos anos. Esta é a primeira vez que nós pomos tudo junto, sucintamente deste jeito, como uma plano de aula para o meu parceiro.

O viés do pensar em 3-D está sobre vós. Os Seres Humanos são singulares ao máximo. Tudo o que vós tendes é singular; e vós nem sequer pensais nisso. É esquisito. Vós tendes um corpo. Em vossas mentes, em três dimensões, é o para o qual vós acordais de manhã e observais. Aquele corpo é o único, que vós criais como um templo biológico, e vós negociais com ele até o fim. E isto é pensamento em 3-D e é completa e totalmente errado.

Mas isto é tudo o que vós podeis ver. A estrutura corporal é tudo o que vós tendes. É tudo o que vós sentis quando nascestes. Somente quando vós começardes expandir isso, podereis ver o resto da história e nós a daremos para vós num momento. Vós sois singulares: um nome; não muitos. Enquanto vós vos moveis durante a vida vós tendes um marco de tempo que é singular. Há uma direção de tempo. Há somente um tipo de tempo em 3-D: avante. Ele não pode se mover retroativamente e a velocidade na qual vós vos moveis está estabelecida e vós não a podeis modificar; é singular. Ela suporta as partes singulares que vós tendes. É um viés. É um viés porque vos define numa realidade que vós acreditais ser a única realidade. Isto é um viés.

Há muitas realidades nas quais vós tendes existido desde o princípio. Então está gravado em vossos cérebros , em vossos registros akáshicos, na humanidade, em Tudo O Que Há, e agora nós vos pedimos para sairdes disto. Vós pensais haver apenas um caminho a Deus. O mesmo pensa resto do planeta: muitos caminhos, mas só um chega até lá – então com Deus deve ser o mesmo, tal como se houvesse um só escada para subir e vós torceis para estar nela. Isto vem do Ser Humano; não vem de Deus. Vem de uma mente singular e é enviesado.

Nós já dissemos isto antes: se, somente se, sempre leva ao mesmo lugar, ao fim, à linha de chegada, à celebração? E se não há julgamento algum do que vós acreditais? Isto vai contra qualquer pensamento linear, não vai? Vós encontrareis muito poucos sistemas de crença no planeta – realmente pouquíssimos – que vos dão este paradigma, que todas as coisas são inclusivas, apropriadas e corretas. ‘Há uma verdade,’ vós dizeis, ‘deve haver apenas uma verdade!’ Ô, realmente? Então isto quer dizer que a verdade do outro, que o leva ao mesmo lugar, está errada? Ou há uma variedade de verdades que são adequadas àqueles seres humanos e àquelas culturas, aos que desejam fazer o que devem fazer para chegar ao mesmo lugar no qual vós estais.

Guerras foram travadas e muitas vidas foram perdidas pelo viés da verdade única. Há tanta singularidade que vós nem mesmos estais cientes de nada disso. Isto é simplesmente as vossas vidas. Há tantos indivíduos, há tantas singularidades aqui. Nesta vida única de vós realmente não há o conceito de realidade de que vós vivestes antes; Ô, vós o professais, mas vós não o sentis. Parte do ensinamento do meu sócio nestes dias tem sido para que vós o sentis, para que vós podeis ir a um lugar no qual vós reconheceis o registro akáshico e começais a entender que vós sois eternos em ambas as direções. Isto contraria o viés, pois este vai somente adiante nunca para trás.

O meu parceiro ensinou hoje que quase todas as religiões no planeta acreditam no depois-da-vida, mas poucas acreditam no antes-da-vida, algo que não faz o menor sentido. É o viés, não é? E aqui vós estais a olhar para isto. Vós precisais superar isto. Vós tendes que reconhecer há mais do que singularidade, a começar exatamente com o que vós sois.

Nas duas últimas canalizações que eu dei eu até mesmo foquei sobre o quão singular a vossa ciência é, o quão orgulhosos vós sois do método científico, que é singular. É a física de Newton, a física de Euclides, a física de Einstein, o tipo de física que estabelece leis universais que são estáticas, empíricas e portanto sempre funciona do mesmo jeito, não importando o que quer que seja. Elas têm sido provados repetidamente, não têm? E não há dúvida alguma de que essas coisas funcionam. Por que então eu deveria trazer isto à tona? Eu vos digo, porque elas somente funcionam em 3-D.

Nada do que vós tendes estudado na física de que tanto vos orgulhais funciona no estado quântico, nada. O estado quântico tem as suas próprias regras e estas são variáveis. Aqui é quando isto se torna bastante confuso. Há tal coisa como uma física que não é empírica? Sim! Que tal uma física que cria o universo de uma só vez, em menos de um segundo, mais rapidamente do que a velocidade da luz, quando tudo ocorre conjuntamente – uma mudança dimensional tão gigantesca que deixa um resíduo que vós podeis medir e vós não o podeis compreender? Vós o chamais de o “Big Bang” para o justificar em 3-D, mas vós nunca podereis justificá-lo; não foi assim que a Criação aconteceu. O que nós dissemos antes é que a Criação ainda está a acontecer. Vós chamais isto de “a expansão do universo”: algo que aparentemente empurra as estrelas para mais longe uma das outras.

E se (o universo) ainda estivesse a ser criado? Vós não daríeis credibilidade a uma física que em si mesma é enviesada, porque física tem que ser empírica. Como vós explicais coisas empíricas como desígnio inteligente? Como vós explicais uma física contra todas as probabilidades que cria vida em todo o universo? Tem que ser assim, porque é enviesada, é enviesada para criar vida. Como vós explicais o efeito Gaia? Nós já falamos disso antes. Este é um efeito segundo o qual a terra desde o seu princípio tem criado vida repetidamente. Ela se destruiu antes, mas reemergiu para criar vida novamente. A própria criação de vida é algo que vai contra todas as probabilidades – cada vez, repetidamente, contra todas as probabilidades. Nós vos dissemos antes que vós podeis encontrar vida em outros planetas, vida microbiológica neste sistema solar mesmo. Está presente em todo o universo. Tudo o que deveis fazer é procurá-la. Está lá. Criada para a vida isto foi. Isto é contra todas as probabilidades e o tipo de física que é enviesada: é enviesada contra o vosso viés. Compreendeis isso? Vós olhais a ela e vós não gostais dela porque não é 3-D. Vós abjetais uma física que nada faz com uma agenda; a isto nós chamamos de física com atitude. Vós não gostais disto. Ela esmurra a face da linha reta empírica e tridimensional, compreendeis? Vós ireis descobri-la. Ela está sempre ao vosso redor. É quântica.

Então eu vos dou mais uma vez a verdade para que vós possais pensar sobre ela e analisá-la. Eu faço isso cuidadosa e lentamente, e com grande amor, repetindo o que eu disse antes sobre o que acontece quando vós nascestes, dando-vos uma idéia de quem vós sois que expande quem vós sois. Vós não sois singulares! Ô, meus preciosos, escutai este cenário. escutá-lo novamente. Vós precisais escutar isso. Quânticos no núcleo sois vós. Somente uma parte e pedaço está ativada – a parte 3-D – e ela cria um viés. Quando eu me despeço de cada um de vós no outro lado do véu eu estou a olhar para um gloriosos pedaço de Deus, um tremendo pedaço de Deus.

Toda a idéia de que Deus está em pedaços é 3-D. Como eu posso dizer algo a vós que vós não podeis entender? Como eu posso vos dizer que vós sois Deus, existis como Deus e cada um de vós vos separastes? Porque a primeira coisa que vós direis será ‘o quanto se separa?’ e esta é uma pergunta 3-D, compreendeis? É pergunta enviesada que não tem nenhuma resposta, porque não há nenhum “quanto” num estado quântico. Vós vos separais do que vós chamais Espírito e vós vindes à terra. Vós o fizestes repetidamente. O processo é impressionante. O que é impressionante é que vós o fazeis, porque vós pegais a vossa majestade e a colocais em pedaços.

Vós vos lembrais de Elias? Uma alma tão bela e sábia! A sua sabedoria era tão avançada! Na suas escrituras estavam presentes os princípios básicos. O seu tempo chegou. Está escrito que quando Elias entrou no seu Merkaba se viu a luz do sol mesmo, como matéria ao se encontrar com anti-matéria, uma luz tão grandiosa que vós não podeis olhar diretamente a ela. O que Elias fez foi ascender, a verdadeira ascensão, movendo-se para dentro do seu Ser Superior e todas as partes se reuniram e um pedaço de Deus foi visto no planeta por um momento. Esta é a história de cada um de vós.

Aqueles que têm experiência de quase-morte vêem a luz e se movem em direção à luz. Agora eu vos dou informação que eu nunca vos dei antes. Vós precisais saber disso, porque em 3-D vós vos moveis adiante, não é verdade?! E a luz é Deus e vós chegais perto de Deus, mas não é assim que é. A luz é vós mesmos. Vós vos reunis novamente com os vossos próprios pedaços e vós mau podeis esperar. Deixai-me explicar isto. No momento do vosso nascimento, vós vos quebrais em pedaços. Vindo do meu lado do véu este esplêndido pedaço que é tú, o que nós chamamos de Criação. Tu te quebras e metade de ti permanece no meu lado do véu e é intitulado ‘Ser Superior,’ mas és tu. O resto se quebra ainda mais. Dezenas de pedaços e partes de ti, que não podem ser calibrados nem medidos, porque são quânticos, permanecem no outro lado do véu num estado é o que vós chamaríeis “guias”, “anjos.” É tu mesmo. Há muitos “tú” humanos, menos o Ser Superior, que fica comigo. Toda a razão disso é co-criação.

Agora eu vos dou novamente o segredo da co-criação: não é o que vós fazeis no planeta, mas como cada um de vós vos conectais ao resto de vós mesmos no outro lado do véu. As curas que vós desejais ter no corpo são criadas através da reunião com alguns dos vossos pedaços, criando o que são chamados “milagres quânticos.”

A ciência até mesmo dá um nome a isso: regressão espontânea. Esse é o nome para um total e complete desentendimento, um que não pode ser identificado e que cria milagres num corpo quando nenhuma melhora era esperada, quem cria milagres? Talvez vós o fizestes. Acontece o tempo todo: este belo ser de vós, desde lado do véu, que é o meu, divide-se e o Ser Superior vai a um canto. Todos estes pedaços e partes permanecem no meu lado do véu. Então as outras partes e pedaços, que vós chamais ajudantes angelicais, chegam e se sentam convosco. Eles rodeiam a cama quando nasceis e vós, naturalmente, são singulares. Então quando vós os identificais eles se tornam os vossos guias. Compreendei aonde vou com isto? Vós dais nomes a eles, nunca entendendo que são vós mesmos, pedaços e partes da grandeza de vós sentam ao vosso lado durante toda a vossa vida, esperando poder vos ajudar. E por isso é tão bom senti-los. É tão bom senti-los! Quando eles se reagrupam e eles saem por um momento vós chorais, porque o que vós perdestes é um pedaço de vós mesmos. E muitos aqui já tiveram esta experiência. Eu estou a vos dar a verdade. Não se tratam de amigos de que vós sentis saudades; trata-se de vós mesmos.

Deixai-me vos dar a maior. Vós vindes ao planeta, vós nascestes, vós crescestes, vós viveis por número de anos até que vós sedes velhos o suficiente para sentir saudade de vós mesmos. Então vós começais a procurar e a maioria da humanidade procura encontrar o resto. Vós procurais em sinagogas, em igrejas, em capelas, em catedrais e em mesquitas durante todas as vossas vidas. Vós não estais a procura de Deus vós estais a procura do que vós sentis que perdestes. O que está a faltar é o Ser Superior. O que está a faltar é o pedaço do qual vós fostes separados. Isto é o do que vós sentis saudades. Vós sentis saudades do estar junto. Vós não podeis explicar porque as vossas células gritam que há mais e vós deveis procurar o que falta.

Quem é o Criador? Onde está o Criador? ‘Por que eu me sinto tão só?!’ Eu o identifiquei para vós. A existência de Deus não é uma pergunta da maioria da humanidade. 90% da terra acredita em Deus. Eles sentem saudades do que foi separado. Vós chegais, somente um parte de quem vós fostes. Vós jamais contereis o todo; do contrário aconteceria convosco o que aconteceu com Elias. Vós jamais contereis a totalidade de vossas energias. Sempre tereis apenas um pedaço na singularidade, em 3-D, e a vida começa. Esta é a história.

Nos dias antigos, quando tudo começou a acontecer, os pedaços e partes de vós que vós chamais estrutura celular. DNA, eram muito mais quânticos do que são agora. Vós a mudastes. Vós criastes a energia que vós quisestes modificar neste planeta, e lentamente. Então que nós descrevemos antes, um DNA completamente quântico, foi reduzido.Vós esquecestes coisas. A procura por Deus ainda estava lá. Vós tínheis muito mais controle sobre o vosso processo de pensamento nos dias antigos do que vós tendes agora.

Aquelas histórias dos antigos vivendo bastante tempo, como Abraão, são verdadeiras. Eu vos dou o seu tempo de vida. Ele não viveu 900 anos; ele viveu mais de 130 anos. E ele foi bem recente. Podeis imaginar o quanto os que existiram antes dele viveram? Longevidades de centenas de anos foram, em verdade, reais. Em vossa singularidade, e na miudez de vossa ciência, vós olhais para trás e dizeis que eles devem ter contados os anos de outro jeito, porque hoje nós temos a ciência moderna e a nossa longevidade tem aumentado. No passado não a tinham e portanto não podiam ter vivido mais do que 30 ou 40 anos de idade. O quão 3-D de vós! Vós não vedes. O vosso viés é tão completo que nem sequer podeis imaginar que o Ser Humano pudesse ter um DNA quanticamente enviesado, um que sabia como as coisas funcionam. Este é o começo do ensinamento.

Agora que eu expus o que é e o que não é. Deixai-me vos dar algumas dicas. Isto é prático. Como vós começais a vos tornar quânticos? ‘Kryon, eu quero ser quântico!’ Eu ouço isso. Eu ouço isso. Nós sentimos que é necessário e razoável. Sabemos que é necessário para mudar o paradigma. Por falar nisso, somente para manter o passo com as crianças. Eles chegam quânticos. Eles chegam diferentes do que vós chegastes, menos lineares, percebestes? São conceptuais. Isso é bastante quântico. Eles enxergam assuntos em conceitos; não numa linha estreita. Imaginai crianças que podem ver problemas dos pais e comentá-los. Esta é uma criança conceitual, não é? Uma criança que vê o que é e não tem medo de comentar.

A criança que vai à escola e vê apenas coisas lineares e tem uma mente conceitual. Uma criança que se senta numa sala de aula e é entupida com fatos e figuras de cosias que já sabe, porque já vê toda a pintura. Já tem o conceito, mas mesmo assim sentem que os adultos ao seu redor exigem que estude por mais três anos o que já sabem. O que vós faríeis se vós fostes postos naquela situação hoje no trabalho? Eu digo o que vós faríeis, vós abandonaríeis os vossos empregos. Vós não pasceríeis por isso, mas um criança não tem escolha. Então eles tomam o próximo passo: eles se voltam para dentro ou se viram para fora. Ou eles se tornam extrovertos ou introverto. Vós dais nomes e remédios a eles, não dais? Nunca entendeis que isto é um giro quântico. Vós entendeis o que vós deveis fazer.

Número um. Vós não tereis isto a não ser que vós comeceis a falar à vossa estrutura celular.Já é tempo de a vossa consciência falar a vós. E vós sentis que isto é esquisito e estranho? E se alguém vos ver fazendo isso, irão concordar. Deixai-me falar porque isso vai funcionar. Porque a consciência humana é a coisas mais quântica que vós tendes. Está fora da previsão de 3 três dimensões. A vossa consciência pode mover montanhas. A vossa consciência criou a mudança. Vós não estais cientes disso. A vossa consciência é ponderosa.

Agora deixai-a funcionar em vós para modificar o paradigma diariamente. Vós tereis que falar à vossa estrutura celular e lhe dar ordens. Será um choque para as células ouvir que o chefe está a falar a elas, porque nuca falou antes.Eu vos digo porque funcionará – e isto é uma revisão, é ciência. Se vós observardes o vosso DNA, vereis que somente 3% dele faz coisa alguma relativa à criação de um atributo ou cenário tridimensional da produção do genoma humano. Mais de 30.000 genes do corpo humano são criados por cerca de 3% da composição química do vosso DNA. O que o resto faz? Ele é quântico. Está lá para todo resto. Está lá para a cura que vós pedis hoje. Está e foi dada a vós anteriormente para conter todo o Akash, isto quer dizer que cada tempo de vida que vivestes, cada atributo que alguma vez tivestes, cada personalidade, está no Akash e por sinal está disponível o tempo todo, porque é quântico. A ciência vê isso não compreende, mas aceita que está lá. 90% do vosso DNA não está estruturado nem segue qualquer tipo de simetria. A ciência não pode atribuir nenhuma utilidade a ele. Já é tempo de a ciência ver o que ele é: um conjunto instruções quânticas para os 3%. Mais de 90% de vós está pronto para aceitar instruções de vós mesmos. Nada acontecerá até que em 3-D vós comeceis a dar instruções. O que eu digo?’ Os são tão engraçados! É como ser apresentado a um estranho, não é? A consciência encontra a célula. A célula encontra a consciência. Elas observam uma a outra, não é engraçado?. ‘Pretendendo que a outra não existe! Mas já é hora de juntar isto a cada dia. Prático.

‘O que eu digo?’ Eu vos dou um bom começo: ‘querida estrutura celular, eu te amo!’ Obrigado por criar a vida perfeita que eu sou no planeta. Agora vamos esclarecer algumas coisas. Eu estou no comando,’ – a consciência fala a célula – número um, eu estou no comando.’ As células irão dar um suspiro de alívio, ‘eu sabia que havia alguém lá fora! Nós podemos simplesmente parar de fazer o que estávamos a fazer, certo? Ou teremos que receber algumas instruções? Quais são as tuas instruções?’ Vós começais e começais ativando as partes quânticas que já tendes.Não digais a vossa estrutura celular o que fazer, porque vós estais em 3-D; em vez disso, tornai-vos quânticos e nós vamos discutir isto agora. Isto é muito difícil. ‘Estrutura celular, nós queremos que tu agora vá capturar os atributos que somente tu conheces e necessitas para a cura, para a extensão da vida, para o parar de envelhecer, para o gozo, para a paz.’ Tornai-vos quânticos a cada dia. Falai a vossas células, porque elas são os vossos melhores amigos. Elas nunca perdem um dia, nunca perdem um tempo. Em vossos momentos mais quietos agradecei-as, ame-as.

Eu vos digo que isto fará toda a diferença. Este é o Ser Humano reconhecendo a sua quanticidade apesar de não a entender e pedindo ajuda a sua própria estrutura celular. Para alguns será risível. Esta voz, esta gravação, esta transcrição, quando vistas por alguns, será risível, porque está fora do paradigma de tudo o que aprendestes que devestes fazer, de tudo o que aprendestes ser possível; ainda assim vós não podeis negar que vós tendes 90% de DNA que aparenta nada fazer. Vós sois mais espertos do que isso! Ele faz muitíssimo e está pronto para receber instruções quânticas do chefe. Este é o número um.

Número dois. Metafisicamente, parai de pensar num esquema de administração ou em qualquer tipo de alta hierarquia num sistema de Deus. Vós tendes Altos Conselhos, Comandos e Arcanjos.Todos eles foram apropriadamente dados para que vós pudésseis entender a importância deles todos, porque vós estais em 3-D, porque assim é como vós pensais: há sempre alguém que manda em vós. Vós tendes então que pensar diferentemente. Não há alguém que esteja no comando, mas vós mesmos. Não somente estais no comando do vosso próprio sistema, do vosso próprio corpo, mas vós estais na chefia da paz na terra. Isto é quanticidade em sua melhor forma, ou seja, o sistema não possui administração: Deus com Deus, partes e pedaços todas se conhecendo. Vós sois Família. Vós já tendes tudo entendido. Quando vós orais, quando vós enviais luz, não penseis que vai enviar tudo para alguém lá em cima que por sua vez irá cuidar disso para vós. Eu vos apresento ao Maior Conselho sobre a face da terra: a vossa própria estrutura celular.

A consciência é soberana, o pedaço de Deus dentro de vós. Não há nada maior nem há nada mais grandioso. É difícil para vós imaginar um sistema sem gerenciamento. Vós dizeis que não pode funcionar. Eu vou vos dizer isto, que profecia acontecerá agora mesmo. Há aqueles neste planeta trabalhando com sistema sem administração, ou seja, não há hierarquia de tipo algum em fábricas. E vós dizeis, ‘isto será bonitinho! Haverá caos! Todo mundo será chefe! Eu vos digo que vós vos moveis rumo a uma energia na qual isso funcionará. Aguardai isso e sabei que escutastes isso aqui primeiro. Ô, não será o que vós tendes agora, as vai ser uma dica. Pensai nisso – nenhuma estrutura e ninguém está no comando.Não há chefe algum. Todo mundo compartilha e todo mundo é chefe ao ponto em que todos sabem o que fazer. Esta é a nata do creme.

Eu revelo uma agora que vós tereis que escutar novamente. Vós tendes que ter um melhor entendimento do tempo de Deus. Nunca mais pergunteis esta questão, ‘Deus, o que eu devo fazer agora?’ Porque isso grita que há uma linha de tempo, não grita? Porque Deus nos vos vê em vossa linha de tempo. Deus vê o conceito da pintura completa. Quando nós vos observarmos, nós vemos tudo o que potencialmente acontecerá convosco em vossas vidas. Se nós vos dermos conselhos para aplicardes em vossas vidas , nós os damos quando o tempo é apropriado; não quando vós escutardes as instruções. Ainda assim os humanos vão ao outro lado, recebem instruções, voltam e tentam implementá-las imediatamente. Há muitos de vós aqui que receberam fagulhas de intuição: escrever um livro, construir um centro de cura, fazer isto ou aquilo. Vós voltais e tentais implementá-las e vós quase sempre quebrais as vossas caras. Ninguém se interessa nem podeis encontrar financiamento. Isto não somente toca uma corda em alguns nesta sala, mas todos os que escutam a esta gravação. Eu vos digo que vós não compreendeis. O Espírito entrega instruções sobre o vosso futuro e os potenciais num jeito que vós deveis receber e aplicar de modo quântico. Vós deveis retornar com o júbilo de que isto está em vosso futuro e é fazível. Então vós voltais, esperais a sincronicidade e aplicais o que recebestes. Poderá durar dez anos, porque o Espírito não vê o vosso tempo como vós o vedes.

Vós sois bastante singulares.Nós já dissemos isto antes, que o que vós fazeis com a informação é muito impressionante. Vós pegais esta bela informação que vos foi dada, vós a aplicais no indevido tempo e ela não funciona. Então vós a pendurais no cabide e vós a pondes no armário e não a tentareis outra vez. ‘hum, não é boa!’ E lá é onde permanece pendurada. Ô, é tão boa, tão precisa, tão vós e vós a pendurais no armário, no compartimento que diz ‘não toquei isto, porque não funciona!’ Ô, o quão singular. Vedes vós o viés, o viés da singularidade em ação? Alguém pode vir e dizer, ‘lembras-te daquela idéia que tiveste há alguns anos atrás? Parecia ser uma boa idéia. O que aconteceu?’ – ‘Bem, eu a tentei e não deu certo.’ – ‘Por que não a tentas outra vez’ – ‘Não deu certo!’ O quão singular sois vós! O quão 3-d de vós! Tal coisa preciosa – estou a falar a alguém nesta sala agora – já é hora de tentá-la outra vez e tú sabes do que eu estou a falar. Deus não vos deu estes tipos de coisas para que vós as colocais num armário, meus queridos. São bonitas pérolas de sabedoria. São alegres. Ajudam a outras pessoas. Por que então vós as pondes no armário? Por que vós não as entendeis? Então as instruções práticas são estas. Eu tenho duas coisas a dizer sobre elas.

Número um. Se vós recebeis instruções do Espírito, se vós tendes uma epifania, esperai o seu tempo apropriado. Ponto final! Faça-a quando a sincronicidade estiver presente. Empurrai as portas e quando verdes o financiamento, quando verdes o interesse, quando verdes a consciência começar a se mover adiante com estas coisas, vós então sabeis que é hora de agir. Isto é sabedoria, é sabedoria quântica.

Aqui está a outra. Esta é talvez um pouco quântica demais para todos vós. ‘Querido Espírito, quando eu deverei ir em direção às coisas que eu devo fazer?’ Ô, o quão 3-D de vós! E esta é uma pergunta que vós perguntais freqüentemente:“Estou eu pronto para me mover rumo àquela coisa que eu devo fazer?’ Aquela coisa que vós deveis fazer vós já a fazeis. Podeis vós tomar um momento e celebrar o que aparenta ser estar encalhado? O Espírito não vê isso como algo que está encalhado. Vós vedes isso como algo que está encalhado, porque vós não sentis um movimento de progresso num modo 3-D enviesado. O que vós não vedes? Que vós sois muito bonitos. Uma energia quântica que vós criastes por causa de vossas epifania, por causa de vossas luzes que compartilhais com outros. O vosso amor tem aumentado exponencialmente em vossas vidas. É um fenômeno planetário e sentido por todos. Vai ao manto da terra. Vai até onde vós existis. E vos sentais diante do Espírito e perguntais, ‘para onde eu vou?’ E os pedaços e partes ao vosso redor que vós chamais anjos levantam as suas mãos e exclamam, ‘não podeis ver quem vós sois?! Nós vos amamos tanto! Não podeis simplesmente parar por um momento e dizer, ‘bendito seja eu, porque eu estou a fazer o que eu vim fazer’, que talvez seja permanecer no lugar de trabalho e criar uma energia que ninguém criaria lá; talvez seja permanecer numa família com as vossas crianças e criar uma energia que ninguém teve antes até eu aparecer. As crianças irão ver isso. As crianças verão isso primeiro. Elas são bem mais conceituais do que vós pensais que elas são. Elas verão que a mãe está mudada e que o pai está mudado.

Vós tendes que obter em tempo um manual quântico; aos mesmo tempo tereis que viver em 3-D, durante o mesmo tempo em que fazeis isso. É difícil de ser contente com a luz que vós tendes em vez de vos preocupardes com as coisas que pensais que deveis fazer, tais como o livro que nunca apareceu ou o centro de sanação que nunca ocorreu. E nós sentamos a olhar às vossas vidas com um amor magnífico que nós temos pela humanidade, pela parte não-judiciosa de vós que tem mudado tanto. Eu estou a falar a indivíduos nesta sala – e vós sabeis que eu estou – que estão bastante mudados. Como vós chamais isso? Como vós chamais isso?

Agora eu vos dou a última informação. É difícil de ser explicada. Há um viés linear em algumas das áreas mais sagradas da vossa metafísica e este será dos vieses mais difíceis de liberar. Não não queremos que vós o libereis; queremos que vós o compreendais. Há um viez no que vós pensais sobre energia. Pensai nisso. Vós atribuís energia, numa maneira linear, a coisas específicas. Vamos tomar a numerologia como um exemplo. É um ciência muito avançada, mas não é quântica. Ela vos ajuda bastante. Nós temos falado sobre ela. Nós a temos ensinado. Cada número tem um tipo de energia singular agregada a ele. O quão singular! Percebeis o que eu vos digo? Como eles se combinam se tornam mais quânticos, mas ainda assim vós estais a atribuir números lineares a energias que fazem parte de um processo 3-D. Funciona e é bom para vós. É muito metafísico.

Vós não gostareis do que eu vou dizer agora, porque alguns de vós viveis por essas coisas: a energia das pedras preciosas, dos cristais, das pedras. Vós as compartimentalizais e as pondes em pedacinhos. Vós olhais a alguns tipos e dizeis que um tipo vos estabilizará; este tipo é bom para a vossa consciência e para o vosso pensamento; este vos ajudará a pensar mais alto; este fará isso, este fará aquilo. Então vós juntais um monte deles e os pondes ao vosso redor e diz ‘boa sorte’. E vós o fazeis.Vós sabeis que vós assim o fazeis. Eu tenho estado em vossas casas. O quão singular de vós. E se existisse uma substância que fosse tão quântica que – escutai isso- quando fosse posta ao vosso lado ela saberia a quem pertence e que criar energia que vós necessitais e vós não tereis idéia alguma do que ela estivesse a fazer, mas ela seria uma tremenda amiga a quem vós confiaríeis estar a fazer a coisa certa.

Essa seria uma energia quântica, não seria? Ela existe e muitos nem sequer sabem que ela existe. Ela é somente bastante recente. Não é algo que vós já investigastes. Eu vou falar sobre ela novamente, porque há aqueles no trabalho de Kryon que sabem tudo sobre ela. É chamada táquion. Parece ser simplesmente vidro colorido, sem qualquer atributo intrínseco, e vós estaríeis corretos. Tem que começar assim, neutra, para que a energia do táquion seja imbuída disso. E lá ela senta, neutra e sensível por aqueles que conhecem energia, mas pronta, com suas cores, com sua beleza, para ser possuída por um Ser Humano e quando o Ser Humano troca de energia com ela, então ele e o pedaço de vidro se tornam um sabe quem o possui. Ele sabe o teu nome, conhece a tua luz, a tua vibração e trabalha num esquema de energia que te ajuda. Enquanto tu aprendes a te mover de uma coisa a uma outra ele te ajuda. Não é uma energia tão forte a tal ponto que tu te sentirias incomodado. É uma energia doce, gentil e modesta, mas é quântica.

Há outras energias no planeta que estão a ser desenvolvidas. Algumas envolvem pêndulos que verdadeiramente criam energia por causa de seus formatos, que se referem ao próprio Merkaba. Procurai esses tipos de coisas e, na sua quanticidade, notai que não há nenhum atributo singular quando vós perguntardes ‘o que isto faz?’ E aquele que sabe dirá ‘o que quer que tú precisas.’ Isso é quântico. Agora, enquanto vós começais a meditar – e com isto nós encerramos – e a cruzar a ponte vós necessitareis de uma energia lá. Não a definais. Não decidais a sua aparência, a sua sensação nem o seu nome. Simplesmente não. Quantificai essa porta que está prestes a ser aberta. Não perguntei por passos, o que vai acontecer nem ‘o que eu devo fazer?’ Os imperativos são 3-D. Vós abrireis a porta e o que quer que esteja no outro lado vos amará. E vós series capazes de dizer àquele Ser Superior que está lá, ‘saudações, eu sabia que tu estava aí.’ E ele dirá a vós, ‘vós sois eternos e vós estais prontos para ativar o vosso DNA num modo quântico.’ É aí quando vós dizeis, ‘faça-o!’ Vós não dizeis a ele o que ele deve fazer, como a cura acontecerá nem o que aconteceu após o dia de ontem que vos irritou, porque esta é uma energia que sempre tem estado convosco. Uma energia quântica sabe o que vós quereis É uma energia divina. É energia universal, o tipo de inteligência que cria desígnio inteligente. É uma energia que cria coisas, que é confluente, ou seja, é como uma cola – é uma energia de paz.

Este é somente o início da chegada de atributos que vós jamais esperastes, dados com amor hoje a uma audiência bem astuta.

E assim é.

Kryon.


Transcrição e tradução não oficial da mensagem ao vivo por:
Marcus Vinícius Pinheiro de Castro

Fonte: http://www.luzdegaia.org/kryon/lcarroll/superando_vies.htm

Posted in Canalizações de kryon, kryon wordpress | Com as etiquetas : , , , , , , , , , | Leave a Comment »

Física com atitude

Posted by oliveiros.kr em 27, Novembro, 2009

Gaithersburg, MARYLAND

Gaithersburg, MARYLAND, 7 Novembro 2009
Gaithersburg, MARYLAND

“Física com uma Atitude”

Sabado, 7 Novembro 2009

Canalização ao vivo de 42 minutos
Lee Carroll

Áudio Apresentado em Inglês

picar no botão play para escutar o áudio e participar na reunião
DOWNLOAD mp3 AQUI com-o-botão-direito guardar-destino-como

Saudações meus queridos, eu sou Kryon, do serviço magnético.
Rapidamente ocorre – não é assim? – esta transição do Ser Humano, este que canaliza mensagens do além. Talvez seja um pouco rápida demais para aqueles que estariam a julgar o que acontece aqui. O meu sócio não vos disse que houve transição alguma. Eu estou sempre na superfície com ele. Esta é sua escolha: ter a energia da Energia aqui, ser capaz de fluir para frente e para trás em suas mensagens de amor, entre ele falando e eu falando. Através dos dias ela cria um atributo no qual eu estou sempre na superfície. Portanto não há transição alguma.

Nós te dizemos, Ser Humano, que vamos a um lugar no qual não há nenhuma transição entre tu a falar e o teu Eu Superior a falar. Quando tu olhas nos olhos de um semelhante, seja numa cura, dando informação para a sua vida, ou complementando-o com amor. Então chega aquele não é tu, mas é tu. Tu o sentes aparecendo em ti de um modo que tu não esperaste. Eu te digo que tu acabaste de canalizar. Este é o jeito disso, que nenhuma das escrituras deste planeta foram escritas por Deus; todas elas foram escritas por um Ser Humano num estado de semelhança divina. Em todas as escrituras escritas por Seres Humanos, escritas através de um Eu Superior, são desprovidas de drama e estão num estado perfeito.

O tema sobre o qual eu desejo falar neste dia é difícil de definir. Eu deixo o meu sócio introduzir um título a esta canalização, porque os humanos apreciam isso. Eles querem saber de uma compartimentalização de conversação. Eles desejam te algum tipo de processo de identidade em tudo o que eles realizam. Então eu o deixo fazer isso.

O que eu vou fazer é falar sobre percepção, de um jeito que eu ainda não falei antes. Eu vou falar, como nunca falei antes, de percepção de dimensionalidade, porque tu estás prestes a te situar num lugar inesperado e eu quero ter dar algo da mecânica disso. Também falarei sobre como isso funciona e sobe o que o meu sócio intitula criação do factor inesperado, aquelas coisas que tu não esperas.

Eu tenho que iniciar com um exemplo. Deixe-me te apresentar a Henrique e Maria. Eles são personagens de revista em quadradinhos, figuras coladas num pedaço de papel. Eles são bidimensionais. Naturalmente há o envolvimento de inteligência e isto naturalmente se torna uma parábola. Eles estão aqui por uma razão, porque as suas vidas não são complicadas; são simples. Eles já decifraram tudo e até mesmo têm amor. E a bidimensionalidade em suas vidas é tudo o que eles alguma vez tiveram. Eles estão contentes: eles conhecem os parâmetros do pedaço de papel no qual existem. Estão felizes com isso. Eles sabem o que podem fazer e o que não podem realizar.

Uma vez chega um livre-pensador que desenha um pouco diferente, falando a ambos sobre o potencial da tridimensionalidade, o pensamento do alto e do baixo, o pensamento do tipo de realidade que eles nunca viram. O que eles fazem? Primeiramente eles não entendem nada. É um pouco avançado demais para eles. Secundariamente está fora de sua realidade, portanto não estão realmente interessados. Finalmente eles não acreditam em nada disso. Isso se torna uma fantasia da ciência, algo que nunca pertencerá a desenhos num pedaço de papel.

Eu gostaria de vos dizer que há muitos de vós que nesta sala que simplesmente gostais deles; entretanto não por escolha, porque vós sois partes do paradigma que sempre existiu: um paradigma em 3-D no qual vós vivestes toda as vossas vidas e um do qual é difícil escapar. A transição que está diante de vós é uma de quanticidade e requererá que o Ser Humano entenda mais sobre o que está à sua volta e que é invisível, ou seja, que não pode ver.

A melhor maneira pela qual eu posso fazer isto é – se o tempo permitir – é vos levar a algumas viagens para vos dar alguma informação que cuja sumarização possa ser interessante àqueles de vós que amais a ciência. Aqueles de vós que poderíeis vos interessar menos por essas coisas irão, ainda assim, participar na analogia que eu estou a dar.

Abençoados sejam os seres humanos que sentam num lugar como este. Eu sabia que vós viríeis. Eu sei quem está aqui. Eu sei quem está aqui. A vossa Parte Maior, que vós denominais Eu Superior, está inteiramente presente. Somente é diferente. Existe numa dimensão diferente. A ironia disto é que tão grandiosa que a outra parte de vós existe numa dimensão que vós credes não existir. Ela senta sobre vós, desejando a conexão que somente vós podeis oferecer com livre-arbítrio. Vós chegais continuamente mais perto. E aquele Parte Maior de cada um de vós está continuamente conectada a mim.

Eu sou Kryon. Este não é o meu nome. Este é o nome eu que dou a vós, por enquanto. Então vós podeis vos lembrar de que eu sou um técnico, parte da física e do magnetismo do planeta. Eu jamais fui um humano e jamais serei um. Eu estou a serviço da humanidade. Então deixai começar.

Eu quero vos levar a um lugar em vossas mentes. É real, mas vós não podeis ir até lá; não ainda. Cada um de vós já estivestes aonde eu vos levo. Antes de vós serdes humanos, nós passamos tempo aqui. É inacreditável. A vista é que vós – como eu irei dizer? – não sois terráqueos. Eu quero vos levar um pouco além da vossa galáxia para que vós possais observar a espiral. Vinde comigo por um momento. Fingi por um momento que a a pressão e a temperatura do espaço não vos incomodariam nas vossas bolhas biológicas. Nós estamos juntos e nós observamos. Como seres humanos vós vos chocais com o silêncio do espaço, sem entender nem sequer apreciando o fato de que cada estrela singular canta uma canção. Eu ouço todas elas. O que é silêncio é para vós, é uma sinfonia para mim, porque as taxas vibratórios e a luz que imbui as estrelas todas se combinam como coros numa manipulência Sonora que é bela.

O universo canta para mim porque eu sou quântico. As partes que vós que são quânticas começam a se aproximar das partes tridimensionais. Essa mistura, essa confluência, está a criar paradigmas de pensamento que são diferentes de qualquer outro no planeta. Vós nunca tivestes um tempo no vosso planeta como este, no qual vós sois convidados a pensar fora da caixa e a perfurar o muro de vosso viés.

Observai a vossa galáxia por um momento. A sua bela espiral se move como uma unidade. Eu vos dou ciência hoje. Eu vos dou coisas que somente serão reveladas e conhecidas no vosso futuro, mas, por causa da transição que está sendo tomada hoje, virá um tempo no qual vós estudareis esta mensagem particular e direis que estava certa. Quando vós o fizerdes, quando a ciência confirmar o que eu estou a dizer, eu quero eu vós leiais a mensagem inteira, porque eu estou certo quando eu falo sobre o vosso relacionamento com o Espírito, com o Criador em vós. Eu estou certo quando eu falo sobre o que está diante de vós no vosso futuro.

A única razão pela qual eu vos dou ciência agora é porque a vossa linearidade, o vosso viés, conectará os pontos no futuro. ‘Como um vai, vai o outro,’ vós diríeis. Portanto eu prestarei atenção. É belo. o que vós chamais o silêncio deste momento, observando a galáxia se mover tão lentamente. É inacreditável. É de fora deste mundo. Belo mais além das palavras.

Agora eu vos levo para dentro e vos conto um pouco mais sobre o que se passa. Há um mistério. Há coisas esquisitas a acontecer aqui. Nada disso se enquadra num paradigma terreno. Não se enquadram! A física aqui não é a vossa física.

As duas figuras coladas num pedaço de papel também tinham cientistas. As duas figuras coladas num pedaço de papel tinham duas leis para a física. Eram tudo o que precisavam. Tudo funcionava muito bem. Vós tendes quatro, porque vós viveis numa outra dimensão. E elas funcionam muito bem.

Aqui vai uma pergunta esotérica para vós, quantas leis físicas existiriam de verdade se vós vivêsseis em duas dimensões? Duas ou quatro? A resposta deveria ser óbvia. Há realmente quatro, não há? Deixai-me perguntar isto, criaturas tridimensionais que vós sois, e se eu vos dissesse que há seis? Quantas existem verdadeiramente lá fora para vós? Nós já demos a resposta a vós no passado. Nós dizemos a vós que vós deveis prestar atenção, porque há algo a ocorrer onde as outras duas leis da física não são somente físicas. Quando vós entrardes num espaço interdimensional vós observareis um pedaço além da física.

Vós tendes quatro leis agora. Podeis chamá-las de Newtonianas, se vós assim quiserdes, euclidianas, se vós assim quiserdes, Einsteineanas, se vós assim quiserdes. Eu vos trago para onde vós estais agora. Dai uma olhadela comigo na vossa galáxia espiral por um momento e a observai em movimento. Ela não se move como o vosso sistema solar. A lei dos objectos em movimento carrega consigo um viés tridimensional. A vossa ciência procura leis empíricas. Eles descobrem o que eles crêem ser empírico, ou seja, só funciona numa direcção durante todo o tempo. Sobre esta direcção vós podeis aplicar cálculos matemáticos e decifrar o que vós precisais a partir disso. Tudo está numa linha recta que só vai em frente. Vós podeis dizer que a vossa ciência está enviesada em consistência. Se vós sois livre-pensadores vós podeis dizer, ‘isso está bom. Deve ser consistente.’ Então como vós explicais o que vós observais.

Deixai-me vos dar uma explicação mais avançada. O vosso sistema solar funciona como vós esperastes. No tipo de física que vós aplicais ao modo como as coisas se movem no espaço vós tendes objectos que estão próximos ao vosso sol, que se movem rapidamente, como Mercúrio, por exemplo. Vós também tendes objectos que estão mais distantes, onde a mecânica orbital, baseadas em vossas leis físicas, move-se mais devagar.

A distância e o tempo, contados a partir do sol, se desenvolvem em mecânica orbital de objectos rápidos e lentos, baseados nas regras que vós descobristes. A regras estão corretas para um universo tridimensional. Vós enviais sondas espaciais ao planetas com bastante precisão. Órbitas são medidas e fotos são tomadas; ainda assim não é o jeito pelo qual a vossa galáxia se move, caso vós a observais como eu a observo. Se vós observais o vosso sistema solar, Plutão leva um longuíssimo tempo para dar uma volta ao redor do sol; o mesmo não se passa com Mercúrio. Então vós desenvolves esses atributos singulares e esquisitos acerca de como as coisas se movem no espaço. Olhai para vossa galáxia. Observai-a girar. É quase como se estivesse sobre um disco. Tudo se move unitariamente. Tudo. Tudo gira na mesma velocidade relativa ao seu centro. As coisas no lado externo se movem, em verdade, mais rapidamente do que as que estão no lado interno. Este disco gigante, com todas as suas estrelas, se move em uníssemos. Isso, meus amigos, não está em vossa física. Como isso pode ser?

Agora eu vos dou uma dica. Quando nós falamos da força interdimensional fraca e da forte, que são as leis 5 e 6 da física aplicável à vossa dimensão, tudo isto se relaciona com o centro da vossa galáxia. Vós pensais se tratar de um buraco negro. Não é. E, essa é, verdadeiramente, a vossa descrição. Há mais nisso do que vós imaginais. Já percebestes que em física sempre há, em qualquer parte, polaridades? Sempre há duas polaridades. Os gémeos estão no meio de cada galáxia, inclusive da vossa. Vós tendes duas energias: uma que empurra e uma que puxa. Vós percebeis isso como um evento gigantesco, chamado buraco negro.

Vós supondes que o buraco negro está de algum jeito a controlar aquela espiral, fazendo-a ir em uníssimo, violando todas as leis de Newton. Não é assim. O que ocorre no centro de vossa galáxia é belo: é uma força interdimensional que se espalha através da região inteira de vossa galáxia inteira e que mantém tudo colado de um jeito que vós não podeis explicar pelas vossas leis. Isso é o que nós ultrapassamos. Esta dimensionalidade do vosso centro Galáctico tem consciência. Tem que ter. Tudo o que é interdimensional está alinhado à Criação.

Eu falo em modos que vós não compreendeis. Coisas nunca foram apresentadas deste jeito antes. Quando vós quebrardes o muro do que vós esperais de uma física linear, vós ireis de encontro a coisas que não fazem sentido. E elas não farão sentido não somente porque não estão num estado quântico, mas elas contêm algo mais. Algo mais.

A ciência está muito orgulhosa da teoria do “Big Bang.” Ela já a tem totalmente delineada; ao menos pensa que sim. Vede o que eles delinearam. Eles têm uma linha de tempo para isso. Como podeis vós ter uma linha de tempo para um evento quântico? Eles descobriram que há um resíduo que pode ser medido e assim provam que estão certos. O quão inteligente deles. Eles não entendem que ainda estão a ver parte disso: eis o resíduo que medem. Ainda está activo, que ainda está a ocorrer de um certo jeito.

Como pode ser que tudo tenha vindo do nada, mais rapidamente do que a velocidade da luz, e ter criado o universo? Deixai-me vos dizer algo que eu nunca descrevi para vós antes: o centro de vossa galáxia jorra material que é vós. Vós percebeis isso ao contrário. Os gémeos no centro de vossa galáxia levam aos gémeos no centro de todas as outras galáxias, milhões delas, biliões delas, todas conectadas entre si num modo que vós não podeis imaginar: Fora do espaço, fora do tempo, como laços entre amigos dotados de consciência; não é o tipo de inteligência e de consciência que vós vedes em vossos cérebros, mas um que é benevolente e permeia o universo com amor.

Eu vos disse que vós não entenderíeis isto tudo. Isto é mentalização elevada, pensamento excelso.. Tratemos de um outro assunto.

O tema da criação da vida em vosso planeta é polémico porque há aqueles na ciência que que precisam linearizá-lo totalmente. Darwin vos deu as possibilidades de uma vida evoluída. Ele talvez tratou de como ela evoluiria repetidamente numa selecção caótica durante biliões de anos, criando o que vós tendes agora. Então surge o efeito Gaia. A ciência olha para ele e começa a ver algo muito inconveniente para os outros cientistas: talvez haja uma consciência que criou a vida. A controvérsia é que a vida continua a ser criada no planeta por 4 biliões de anos e começou e parou, criou-se a si mesma e se destruiu a si mesma repetidamente. Alguns diriam que se trata de um evento aleatório a ocorrer. Realmente? A vida continua a aparecer. Quais são as chances de a vida, após ter destruída a si mesma, reaparecer repetidamente? Como isso se enquadra no cenário da evolução? Algo que não deu certo continuou a voltar. O que vós pensais acerca isso?

Os cientistas começam a considerar o efeito Gaia, ou seja, que uma consciência vinda de algum lugar, de algum modo, teima em querer criar vida. Está fora das probabilidades do que vós chamais acaso. Hum, aconteceu repetidamente até dar certo. A fotossíntese é a resposta.a fotossíntese criou as plantas, as árvores, que consomem os resíduos da vida. E o balanço foi estabelecido. E isso levou um longuíssimo tempo para ocorrer, mas a vida foi sempre criada, mesmo quando foi derrotada, mesmo quando a Terra foi desprovida de vida por causa de alguma falha. Ela se recriou novamente 5 vezes. A ciência começar a enxergar este fato e se pergunta o que é isso que a Terra deseja criar vida. Alguns dizem que existe uma consciência, outros negam que isto seja verdade. ‘Não pode ser! Não pode ser!’ Pode sim! É uma consciência interdimensional que cola as coisas umas às outras, porque, quando vós ides a um estado interdimensional, vós começais a tocar a face de Deus.

Há aqueles que estudaram o modo pelo qual a Terra, geologicamente considerada, surgiu. E na sua linha rectilínea de pensamento eles estão enviesados; eles estão enviesados porque eles estão a procurar padrões de erosão e o jeito que as coisas costumavam ser; porque eles aplicam leis universais e específicas a tudo no planeta.

Há algumas surpresas. Já ouvistes a última? Quando tempo levou para se cortar o Grand Canyon? Quantos milhões de anos a água teria que brincar a ponto de cortar o Canyon tal como ele está hoje? 1 milhão? 2 milhões de anos? Ainda está escrito nas placas lá o tempo que levou mas agora a Geologia começa a mudar de ideia, porque eles descobriram outros atributos que não fazem sentido. Agora atribuem uma linha de tempo de aproximadamente 300 anos. O que estão a ver agora é uma “carta selvagem”, ou seja, não houve um brincar das águas; houve um mar que entrou na área – uma corrente feroz de água que cortou as rochas por um breve período de tempo. Isto está fora do paradigma dominante de pensamento e é acurado. Podeis vós ver aonde eu vou com isto?

São aqueles viés consistentes que vos mantêm na lama, tal como as duas figuras bidimensionais numa folha de papel. Vós precisais começar a pensar fora da caixa. Os geólogos rolaram os seus olhos. Eu vos contei acerca de Lemúria. Eu vos disse que as suas montanhas, que são as mais altas do planeta, contadas do fundo do Oceano Pacífico ao seu topo, estão no Havai. Eles são uma grande montanha com vários picos. Os picos são os que se sobressaem da água hoje nas ilhas havaianas; nos dias de Lemúria a Terra ao redor da sua base estava seca. Agora os geólogos riem. Está no meio do Oceano pacífico. Como isso seria possível? Eu vos digo como isso seria possível.

Primeiramente, há 50.000 anos atrás – que geologicamente não é algo significante – o nível das águas era mais do que 400 pés mais baixo do que é agora, porque vós estais no meio de um ciclo de águas, algo que discutimos anteriormente.

Secundariamente – algo que nunca falamos antes – é que as montanhas do Havai se movem em “lugares quentes”, ou seja, tremenda actividade vulcânica sempre existiu lá; neste caso particular, algo que se retirou de vós, que vós não tendes visto desde então, e porque vós não o vistes não é possível. Com isso eu quero dizer que uma bolha existiu, ou seja, que o manto da Terra se moveu o suficiente para elevar aquelas montanha mais alto do que são agora para criar uma massa de Terra que já não se encontra mais lá. Quando a lava foi liberada, a bolha desapareceu. Isto durou muitos milhares de anos, mas criou uma situação na qual as ilhas havaianas estiveram acima da águas por algum tempo.

É conveniente que todas as evidências da existência de Lemúria foram destruídas, tal como deveria ser. Isto vos faz vos perguntar, mede a vossa confiança e vos dá uma chance de ter fé de que essas coisas possam ser assim; no entanto, um pensador linear diria, ‘elas não são assim.’ Estão encalhados na lama no modo pelo qual as coisas têm sido e não conseguem pensar nada diferente. Consistência é rei, e isto é um viés.

Permiti-me discorrer sobre a Criação. Astrónomos começam a falar sobre “desenho inteligente.”Agora nós falamos de algo interessante. Eles começam a entender que a quanticidade do universo deve ter consciência. Contra todas as probabilidades vós viveis num parâmetro, um atributo que estatisticamente é contra todas as chances: o universo foi criado para a vida. E se vós pudésseis jogar o dado da Física para criar um universo através de um Big Bang que vós projectásseis, ele jamais apareceria deste modo. Nunca. Estaria fora das possibilidades de acontecer; mesmo assim vós sentais numa Terra a chacoalhar com vida. Vós senti num universo repleto de vida. Há vida nos planetas ao redor do vosso; vós somente ainda não a encontrastes: micróbios, situações de início com somente uma célula – tudo está lá para ser visto. Ide à Europa [lua de Júpiter] e olhai ao vosso redor. Vós os vereis. Vida é absolutamente um fato em qualquer parte. Vós a vereis; e é contra todas as chances. É algo tão fora do modelo estatístico vigente a Criação de qualquer universo que eles o intitularam “desenho inteligente.’

No meio da vossa galáxia existem os gémeos, puxando e empurrando energias interdimensionais que literalmente possuem complemento divino a todas as estrelas, que se movem em uníssemos. Forças além da gravidade. interdimensionalidade que cola tudo junto, que cola tudo junto! E isso é algo sobre o qual é quero discorrer, porque tem a ver com o vosso futuro. E aqui vai.

Os futuristas da vossa sociedade possuem a tendência de olharem ao que aconteceu e a dizer, numa consistência enviesada, que então o passado projectará o presente numa linha recta. ‘Por causa disto, ,portanto, haverá isto,’ eles dizem. Eles olham a um modelo consistente de energia velha; um modelo consistente. O que é um modelo consistente no planeta da consciência? Vamos nomeá-lo guerra, pobreza, sofrimento, drama – uma repetição do mesmo: fractais que chegam e parte, que chegam e partem, e uma consciência que se repete incessantemente. E se vós estais lá, vós estais atolados num viés, porque nesta transição quântica vós começais a ver os gêmeos. Esta é uma energia que permeia a galáxia inteira e acontece em todas as galáxias. Não é a mão de Deus, não é Deus mesmo; é um atributo do que nós chamaríamos a benevolência da Física que quer criar vida e quer engendrar uma confluência de igualdade e de paz sobre a Terra.

O quanto mais quântico vós vos tornais, o quanto menos consistentes vós sereis nessas coisas, ou seja, vós esperareis acontecimentos que nunca aconteceram antes. É preciso toda a ciência para vos levar a um lugar onde eu posso vos contar que o viés do vosso pensamento é bastante óbvio. Vós não podeis aplicar as regras dos últimos anos à paz na Terra. O que vós esperais? Contariam as regras dos últimos anos acerca de cura em vossos corpos? Eles dizem que é incurável; escutai, não é. Não contariam as regras dos últimos anos acerca do medo que tem sido gerado sobre a transição, que vós seríeis cobertos por água em todas as partes? Se vós aplicásseis a taxa pela qual as coisas tem sido derretidas ao futuro, certamente morreríeis afogados, porque seria totalmente consistente, não é verdade? Vedes aonde eu vou? Vós não dais permissão à “carta selvagem”, ao fato de que este planeta está se mover rumo a um atributo magnético inteiramente novo. O sol está a cooperar. O universo está cooperando. É quase como se os gémeos estivessem a ver quem vós sois. Os gémeos são Física: magnífico empurrar e puxar de um atributo que nós não podemos sequer explicar a vós. A vossa ciência está apenas a começar a vê-lo: o efeito Gaia, desenho inteligente, o modo pela qual a Terra foi criada e pelo qual não houve acidentes pelos quais vós estais aqui. Isso tem que significar algo.

Quando nós dizemos que vós estais no meio de uma tremenda transição que vós solicitastes, então é tempo de eu aparecer. Não se trata de uma transição que vos destruirá, que vós tenderíeis que temer, mas é uma que vós controlais porque vós podeis tocar a face de Deus a qualquer tempo que vós desejais. Vós vos tornais mais quânticos. Vós entendeis que a consistência da vida é em verdade um paradigma velho. Se vós quiserdes ter consistentes acerca de qualquer coisa – se vós assim vos sentirdes melhor – sabei que o amor de Deus é a coisa mais consistente nesta Terra e no universo. Ele é consistente. Vós nunca estais sós. Nós já dissemos isso antes.

E isto vai concluir. Hoje eu eu pintei um quadro parcialmente científico, parcialmente lógico, para vos mostrar que a vossa lógica não é o tipo de lógica que vós necessitais para vos mover ao futuro. Esperai a “carta selvagem.” Esperai coisas que nunca aconteceram antes. Quantas vezes nós temos que vos dar estas coisas para contemplar, que nenhuma das quadras de Nostradamus é acurada no presente.

Muito já se escreveu sobre a futura guerra com o mundo islâmico. Algum dia vós podereis ler e rir, porque não está acontecendo desse jeito, não percebeis? Há coisas a vir que vós não esperais. Eu sei essas coisas, sei de consciências que neste instante trabalham fora da vista de todos . Não se trata de adivinhar o futuro; trata-se de afirmar os fatos dos potenciais das mentes no planeta que estão indo aonde pensam.

Eu quero que vós ides deste lugar com esperança. Eu dei esta mensagem a este grupo em particular. Uma mensagem avançada que não cai aos ouvidos daqueles que estão aqui pela primeira vez ou na energia pela primeira vez. Não vos recordais disto? Recordai isto comigo, porque vós o esperastes.

Finalmente isto. Eu estive convosco no Vento do Nascimento, com cada um de vós. Antes de vós escorregardes a este planeta, antes de os anjos cantarem junto à vossas camas e cantarem às vossas mães o júbilo de vossos nascimentos, eu estava lá. Logo antes de vós virdes novamente eu vos interroguei como eu sempre faço. ‘É isto realmente algo que tu queres fazer? Vejas os potenciais das dureza, de doença, do sofrimento de ser humano.’ E tu me olhaste, como tu sempre olhas, e disseste, ‘Envie-me. Eu mau posso esperar para voltar e finalizar o que eu comecei.’ E vós fareis isso novamente e novamente e novamente…

Os primeiros sinais que vós tivestes que vós éreis seres humanos, que este planeta poderia se mover à sua graduação, vibra alto e é parte da confluência de energia que vós somente podíeis sonhar. Vós sentais na beira disso. Vós sabeis isso.

Eu sou Kryon, amante da humanidade. Eu sou o primeiro que vós vedes ao retorna para casa. Vós não me vedes. Não há olhos; e ainda assim somos todos olhos. Não há som algum; e ainda assim nós somos som, a música mais bela que vós já escutastes e vós ireis escutá-la e vós recordareis as canções. Esta é a verdade que eu vos dou hoje para embutir em vossos corações e vossas mentes esperança de que essas coisas são verdadeiras e que a vossa geração e as coisas que vós fazeis aqui farão a diferença no planeta, movendo-se à próxima geração, que criará paz. Isto é o que vemos e isto é o que sempre vimos desde a Convergência Harmónica, quando tudo isso começou. Isso se move vagarosamente. Vós sois os guerreiros nos campos, segurando a luz. Esta é a mensagem de Kryon e sempre será.

‘Kryon, por que tu dás sempre aproximadamente a mesma mensagem com palavras diferentes?’ Porque vós sois humanos e vós necessitais escutar isso tudo repetidamente. E talvez alguns de vós hoje sairão diferentes de como entraram por causa disto. Então esta mensagem particular será dada novamente numa foram diferente para diferentes multidões, menos avançadas talvez. Mas todo mundo é amado e abençoado. Eu sou Kryon.

E assim é.

Kryon.


Transcrição e tradução não oficial da mensagem ao vivo por:
Marcus Vinícius Pinheiro de Castro

Fonte: http://www.luzdegaia.org/kryon/lcarroll/fisica_atitude.htm

Mensagem de Texto – recanalazidada – em Inglês:
https://www.kryon.com/k_channel09_gaithersburg.html

Posted in Canalizações de kryon, Geral, kryon wordpress | Com as etiquetas : , , , , , , , | Leave a Comment »