kryon blog * Aprender com a Nova Energia

Querido Ser Humano,… tu és a Esperança do Planeta Terra!

A faixa estreita da realidade…

Posted by oliveiros.kr em 2, Setembro, 2017

Kryon costuma usar muitas metáforas quando ele fala aos humanos que estão aqui em forma tridimensional. Este título surgiu ao ler um trcho numa mensagem de 2007 onde kryon fala sobre o outro lado do véu e referiu um aspeto, ou atributo da nossa percepção humana da realidade que é sempre limitada. Nós não sabemos o que é que não sabemos. É como quando vamos de carro numa estrada sem qualquer iluminação durante a noite. Vemos apenas a faixa de poucos metros que se estende na frente do veículo e que fica iluminada pelos faroís da viatura… vamos descobrindo novas coisas na estrada à medida que avançamos e  iluminamos mais um pouco do caminho sem ter uma noção completa do que está mais à frente.
Ou seja a nossa percepção da realidade é sempre limitada e tendenciosa.

Visualizando o outro lado do véu...

Citando Kryon em Visualizando o outro lado do véu:

O Ser Humano não sabe ainda o que procura quando ele quer saber do futuro. Isto se coloca em vocês de uma forma tendenciosa, porque vocês somente estão conscientes de uma faixa linear de tempo diante de vocês – uma muito estreita – e querem saber o que vai acontecer nesta pequena faixa de tempo que vocês chamam de realidade.
Não somente isto, vocês não estão desejando ouvir certos potenciais.
Vocês querem coisas infalíveis.
Oh, não todos vocês, mas eu vou lhes dar um exemplo do que a humanidade freqüentemente age com os profetas, com os sensitivos, quando ele vai até eles e pergunta: “Diga-me o que vai acontecer no futuro?”
Lá ficam os Humanos em antecipação.

Aqui está a primeira metáfora do dia entre muitas. Ela vai realçar o preconceito Humano na realidade da sua tridimensionalidade – o que vocês esperam e como pensam.

Há uma mulher que vai ao médico.
Ela diz ao médico:
“Doutor, algo está errado comigo. Eu não me sinto bem. Eu preciso que você me diga o que é que está errado comigo”.

E o médico diz:
“Está certo, quais os seus sintomas”.

Ela diz:
“Eu não tenho a energia a que estava acostumada. Eu estou ganhando peso e não quero. Eu sinto-me estranha. Há algo errado comigo, doutor. Diga-me o que é”.

“Bem, nós faremos alguns exames”, responde o médico.

Ela volta mais tarde e o médico diz:
“Bem, eu tenho algumas boas notícias para você”.

Mas a mulher diz:
“Eu não quero boas notícias. Eu quero saber o que está errado comigo. É o meu corpo, e eu sei que há algo de errado comigo! Se você não pode me dizer, eu procurarei outro médico”.

 “Eu tenho algumas coisas para lhe dizer que talvez você não espere”, diz o médico.

Mas ela responde rapidamente:
“Se você não pode me dizer o que está errado comigo, eu vou embora”.
E ela parte!
E… na mesa do médico está o pedaço de papel que mostra que ela está grávida.

Este é o típico espírito Humano, nascido em uma situação de terceira dimensão que é tendenciosa sobre aquilo que a mulher acha que é a sua realidade, fechada para outra mensagem.
Porque se ela se sente estranha, então vão ser más notícias, não é?
Se ela está ganhando peso, vão ser más notícias, não é?

Assim, Ser Humano, eu digo que quando vocês vão a um lugar onde o futuro vai ser discutido, qual é o preconceito que vocês levam?
Vocês têm a habilidade de compreender o que está sendo dado?
Vocês terão tolerância … e calma com aqueles que vão para lá do véu e voltam e lhes dão informação?
E compreenderão se eles derem, ou pedirão outra opinião desde que não seja o que vocês esperam?
Isto é linear, entendem.
“Kryon, diga-nos o futuro”, vocês dizem.
E então se esta canalização não lhes dá a mesma mensagem como outra canalização, vocês dirão:
“Bem, em qual eu deverei acreditar?
As duas eram canalizações, não eram?”

O que vocês vão fazer sobre isto?
Seu futuro, seu passado, seu presente – tudo o que vocês vêem é a faixa estreita em frente de vocês – o caminho, um caminho minúsculo, e há somente espaço para uma coisa nele.

Foi este excerto que motivou o titulo deste artigo.
A mensagem, “Visualizando o outro lado do Véu” foi dada através de Lee Carrol em Longmont   –  Colorado  –  EUA no dia 7 de Janeiro de 20072007, pode ser lida na integra aqui:”Visualizando o outro lado do Véu

Publicado por Oliveiros costa para Mensagens de Kryon

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: