kryon blog * Aprender com a Nova Energia

Querido Ser Humano,… tu és a Esperança do Planeta Terra!

Quem é que pensas que és? – (introdução)

Posted by oliveiros.kr em 12, Julho, 2018

Quem é que pensas que és? – (introdução)

Mini mensagem de 30 de junho de 2018

Eu quero que se lembrem ( risos)…não quero que se recordem de nada do que vos disseram…
Neste momento, o campo de jogo está vazio sem qualquer energia.
O que vocês sentem sobre a possibilidade de vocês terem nascido com um propósito, e de que de alguma maneira misteriosa a beleza do Criador de todas as coisas reside dentro de vocês? E o que acontece nisto é uma unicidade que vai muito além desta sala, ou de você, ou da terra em que você mora; é uma unicidade com o ar que vocês respiram e que também vem do Criador.
E se você puder suspender por um momento todas as coisas que lhe foram ditas, “É assim que as coisas funcionam, …é isto que você pode esperar, … é isso que está vindo a seguir”
Se você suspender isso, eu gostaria de lhe dizer algo: Você pode começar a construir uma verdade que vai além de qualquer coisa que alguém já lhe tenha dito. E você pode chamá-lo – aqui vai o seu nome – Verdade. Porque é a verdade de você. E você pode começar a fazer perguntas e, se quiser metafisicamente, metaforicamente, fazer testes musculares, faça-o.
“Eu estou aqui com propósito”? Sim.
“O Criador do Universo me conhece”? Sim!
“É possível que quando eu morrer como um ser humano, essa linda parte de mim retornará à Fonte do Criador”? Sim!
Portanto – diga – isso te torna eterno. Isso faz de você não um humano: o humano é simplesmente o recipiente, que está sendo usado neste momento, que aparece todo dia no espelho. Mas o verdadeiro você… é magnífico e é Amado, …Amado… por Deus!
Deus é o nome que você inventou, ser humano. Você inventou isso, se você não gosta do nome, invente outra coisa qualquer, algo que você goste.
A “Luz Eterna“, o “Grande Sol Central“, o “Espírito“, “Criador de Todas as Coisas“, dê-lhe um nome.
É você.
E o que isso de facto fará, se você puder simplesmente suspender todo o palavreado intimo sobre quem se supõe você seja, o que isso fará é habilitar-vos e capacitar-vos para resolver as coisas com as quais vocês vieram até aqui…
Agora isto torna-se pessoal…
Eu sei quem está aqui…(a ler)
Eu sei quem está aqui, porque o Deus em você e o Deus em mim são o mesmo.
Você está entrelaçado com todos os que estão aqui, e mesmo sem saber o problema com o qual você chegou cá, posso dizer que isso pode ser resolvido.
Mais do que resolvível. Quando você começa a mudar a química da sua crença, seu corpo responde. Nós falaremos mais sobre isso, hoje à noite.
Na verdade, vou dar-vos o título da mensagem desta noite; meu parceiro, não fique chocado; é que ele não tem ideia…

O título é:

Quem é que você pensa que é?

“Quem é que você pensa que é?”

(risos)

Agora meu parceiro ficará preocupado com isso durante todo o dia.
Esse é o problema dele
(risos).

Queridos, o que vos estou a dizer é que vocês não sabem realmente, vocês realmente não sabem.
Vocês acham que sim…

“Sim, já me disseram que dentro de mim há um pedaço de Deus, obrigado, o que há para o almoço?”
(risos)

A profundidade do que vós tendes a partir do Criador dentro de cada um, na maioria de vocês, perdeu-se.
E quando começarem a entender que o fogo da criação, da própria luz, reside em vós, ireis perceber que todas as coisas que consertariam a vossa vida já estão lá, no Campo.
É uma questão de selecioná-las com a consciência humana que começa a entrar em sintonia com essa verdade.

Mas vocês sabem? Vocês não estão obrigados, queridos, a irem em qualquer direção, exceto uma, exceto uma: sentarem-se, sem preconceito, e aceitar o que vem, em amor.
Quantos de vocês são corajosos o suficiente para dizer:
“Eu não tenho ideia do que vou fazer com isso ou aquilo, ou o outro ou aquilo mais além, mas pela primeira vez eu tenho paz no coração porque sei o que virá, solução, cura, paz”?
Agora, os que estão aqui, nesta sala (ou a ler) não podem parar o palavreado interior – eu sei quem está aqui – e essa conversa interior é algo semelhante a isto: “Eu nasci com ela, ela sempre esteve cá, eu me preocupo por isto ou por aquilo”… Você está ouvindo, meu parceiro? E esse palavrear… são vocês, queridos! (risos)
E dizem: “Como posso parar o bate-papo?”
A resposta é: parando o papo.
(risos)
Há um botão em seu cérebro, rotulado: Bate-papo. E vocês pressionam nele o tempo todo. E por mais estranho, raro e engraçado e que possa parecer, esse é o preconceito que vos ensinaram.
Ensinaram-vos tudo isso, os vossos pais, a sociedade, aqueles em quem vocês confiam.

Esta é a mudança de todas as coisas.
É uma mudança em vocês, é uma mudança nos paradigmas.
Neste planeta há muitos a despertar para a ideia de que vocês não precisam que ter um caminho certo.
O que é que tem estado a acontecer, até mesmo nos últimos dois ou três meses, com relação aos líderes deste planeta e que tiveram uma mudanças. E outros, que tiveram uma mudança.
Isso começa a ser visto nos vossos noticiários, queridos.
Não é necessariamente por repetir a mensagem já dada anteriormente, mas as próprias notícias o estão a dizer-vos: “Bem, não pode ser verdade, é temporário, ou há algo mais.
Por causa do palavreado. E o palavreado diz que não pode haver algo bom, isso sempre se transforma em algo defeituoso ou pobre. E espere por dramas. Esse é o palavreado. Algum dia começará a reduzir.

Quando os seres humanos começam a sintonizar-se e a esperar coisas boas e não coisas ruins.

Quando a própria palavra “drama” significar outra coisa.

Deixe-me perguntar uma coisa: quando os 33 mineiros saíram debaixo da terra em 2010, houve drama?
E a resposta é sim! E ele estava estampado no rosto de todos e choraram e abraçaram-se e disseram:

“Isso é impossível, nunca poderia ter acontecido” e os familiares ajoelharam.
Isso é um drama, meus queridos, diferente de antes.
É um drama de regozijo e alegria, de emoções humanas em estado de euforia, porque coisas boas acontecem.

Você pode imaginar-se a si mesmo em um estado de euforia, com lágrimas escorrendo pelo seu rosto, porque você tem coisas boas acontecer na sua vida?
E se você puder, esse é o primeiro passo.
Esse é primeiro passo!
Saber que você está aqui com um propósito, e que você merece coisas boas, e que há uma maneira de sair das trevas.

Esta é a mensagem que Kryon sempre tem dado de muitas maneiras diferentes.

 

~Kryon Mini mensagem dada em PORTLAND, MAINE, EUA em 30 de junho de 2018
Trecho traduzido por Oliveiros Costa para Mensagens de Kryon em 12 de julho de 2018

 

Uma resposta to “Quem é que pensas que és? – (introdução)”

  1. Maria jose da silva Pereira said

    ❤ gratidão

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: